terça-feira, 28 de outubro de 2008

Botafogo emite nota oficial sobre decisão da CBF!

"O Botafogo de Futebol e Regatas foi surpreendido com a decisão da Confederação Brasileira de Futebol de mudar o local do jogo entre Botafogo e Flamengo, válido pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, no dia 9 de novembro. Inicialmente marcado para o Estádio Olímpico João Havelange, onde o clube exerce seu mando de campo, a partida foi transferida para o Maracanã, local no qual o adversário exerce seu mando de campo.

O Botafogo também estranha o motivo pelo qual a CBF justifica essa alteração, a suposta falta de segurança. Dessa forma, entidade prejudica o direito do Botafogo de atuar em seu próprio estádio.

Desde antes da partida contra o Fluminense, a Federação de Futebol do Rio de Janeiro já tentou fazer a mesma manobra para favorecer o Fluminense, que luta contra o rebaixamento. Nessa ocasião, o Secretário de Segurança do Estado do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, esteve presente na partida, também um clássico estadual, garantiu que o estádio possui a segurança adequada para qualquer evento subseqüente.


A mudança do local acerretará graves problemas operacionais para o clássico. Em primeiro lugar, o Botafogo não aceita, não quer e nem vai trabalhar com a empresa de ingressos do Maracanã, a BWA. O Botafogo tem um contrato com o Ticketmaster e, se quebrado em algum jogo, ocasiona uma multa. Além disso, o clube também não tem controle sobre o quadro móvel do estádio, como faz no João Havelange.


Fora isso, ainda há toda a questão financeira por trás. No João Havelange, o clube possui direitos de publicidade, venda de camarotes, contratos de vendas para o setor Visa do estádio e recebe pela concessão de prestação de serviços dentro de estádio. Os nossos camarotes são comercializados no início do campeonato e incluí em seu preço o clássico contra o Flamengo. Sem esse jogo, o consumidor será prejudicado em seu direito.


O Botafogo ainda sai lesado na exposição de sua marca, já que o seu estádio é um patrimônio que pode ser explorado e, para isso, precisa de visibilidade. Sem a partida contra o Flamengo, esta diminuirá.


O clube questiona também o motivo pelo qual os clássicos paulistas são disputados em estádios menores e menos modernos. Em todos os estados do país, cada clube exerce de forma plena seu direito ao mando de campo.


Como o Estádio Olímpico João Havelange, que sediou o Pan-Americano, o maior evento esportivo já realizado no país, não pode receber um jogo do Campeonato Brasileiro? E qual o motivo do Maracanã ter toda a suposta condição ideal, se no último clássico lá realizado, entre o próprio Flamengo, contra o Vasco, várias brigas e conflitos aconteceram nos seus arredores?


Portanto, o Botafogo é explicitamente contra a mudança do local da partida e espera, no mínimo, explicações. No caso de o jogo ser mantido no Maracanã, o clube exige um ressarcimento pelos prejuízos financeiros citados nesta nota. Fica a pergunta. Quem pagará todos esses prejuízos causados ao Botafogo?"


Paulo Roberto de Freitas

Presidente do Botafogo de Futebol e Regatas"

2 comentários:

Fernando Gonzaga 29 de outubro de 2008 09:02  

o Botafogo tem que bater o pé e não dar pra trás de sua decisão...em hipótese alguma podemos aceitar que este jogo seja no Maracanã...temos o direito de mandar a partida no Engenhão...
chega de acatar a tudo que a CBF impõe....

Papagaio [BFR] 29 de outubro de 2008 11:14  

Por que a CBF fez isso não hora H ? Muita sacanagem, sujeira pura !!!!

  ©2008-2009. Todos os direitos reservados. Arquibancada Alvinegra - O blog do Torcedor Alvinegro.